Feliz dia das mães!

domingo, 12 de maio de 2013

Coisas de mãe

Se os filhos estão bem alimentados, É ela que se sente satisfeita. Se estão risonhos e felizes, É ela que se pega sorrindo também. Se estão de roupinha nova, É ela que se sente bonita. Se eles vão bem na escola, Parece que o aproveitamento escolar é dela. Se arranjam novos amigos, É ela que se sente popular e querida. Se viajam para novos lugares, É ela que curte o passeio, mesmo ficando em casa. A cada meta que atingem ou troféu que ganham, É ela que curte a sensação de vitória. Passa a gostar de rock, Mesmo que antes não pudesse nem ouvir. Passa a olhar com simpatia, Os ídolos e os amores de seus filhos. Passa a adorar cachorros, Mesmo que antes só gostasse de gatos. Desnecessário dizer o que ela sente, Quando alguma coisa dá errado, porque, por tabela, Ela sentirá em dose tripla, Cada tombo, Cada perda, Cada rejeição, Cada fracasso, Cada desapontamento. Tudo isto são...coisas de mãe !

Mamãe Querida

Aqui estou, para te dar meu carinho Sentir teu perfume embalando meus sonhos Teus abraços de amor a me proteger Teu sorriso, tuas mãos, tua pele, teus olhos Tudo que me faz crescer Agradeço a vida Consentida, refletida No espelho da alma Amiga e companheira Agradeço o amor Tão suave em teu peito Tão puro e sem medo Tão mágico e pleno Da luz de Jesus Das bênçãos de Deus! Te amo!

Mãe

Um dia, o Amor estendeu as mãos para o nada e abriu o espaço... Um dia, o Amor estendeu as mãos para o homem e abriu-se o encontro... Um dia, o Amor se tornou vida de tua vida e eu existi... Mãe, o céu sem confins revela-me teu amor... A vastidão do mar fala-me da tua bondade... As altas montanhas refletem teu heroísmo... A profundeza dos vales espelha tua humildade... A beleza das flores traduz teu caminho... Tudo isso encerras dentro de teu grande coração... E silenciosa, serena, sorrindo, continuas labutando no cotidiano da vida. Um dia, o Amor se tornou vida de tua vida e eu existi. Obrigado, Mãe!

Para Sempre

Carlos Drummond de Andrade
Por que Deus permite que as mães vão-se embora? Mãe não tem limite, é tempo sem hora, luz que não apaga quando sopra o vento e chuva desaba, veludo escondido na pele enrugada, água pura, ar puro, puro pensamento. Morrer acontece com o que é breve e passa sem deixar vestígio. Mãe, na sua graça, é eternidade. Por que Deus se lembra - mistério profundo - de tirá-la um dia? Fosse eu Rei do Mundo, baixava uma lei: Mãe não morre nunca, mãe ficará sempre junto de seu filho e ele, velho embora, será pequenino feito grão de milho.

Um anjo protetor

Uma criança pronta para nascer perguntou a Deus: Dizem que estarei sendo enviado à terra amanhã... Como eu vou viver lá, sendo assim tão pequeno e indefeso?" DEUS:Entre muitos anjos, eu escolhi um especial para você. Estará lá te esperando e tomará conta de você. CRIANÇA: Mas diga-me: Aqui no céu eu não faço nada a não ser cantar e sorrir,o que é suficiente para que eu seja feliz. Serei feliz lá? DEUS:Seu anjo cantará e sorrirá para você e,a cada dia, a cada instante, você sentira o amor do seu anjo e será feliz. CRIANÇA: Como poderei entender quando falarem comigo se eu não conheço a lingua que as pessoas falam? DEUS: Com muita paciência e carinho, seu anjo lhe ensinará a falar. CRIANÇA: E o que farei quando quiser te falar? DEUS: Seu anjo juntará suas mãos e lhe ensinará a rezar. CRIANÇA: Eu ouvi dizer que na terra há homens maus. Quem me protegerá? DEUS: Seu anjo lhe defenderá, mesmo que isto signifique arriscar a própria vida. CRIANÇA: Mas eu serei sempre triste porque não te verei mais. DEUS: Seu anjo sempre lhe falará sobre mim e lhe ensinará a maneira de vir a mim e eu estarei sempre dentro de você. Nesse momento havia muita paz no céu, mas as vozes da terra já podiam ser ouvidas. A criança apressada pediu suavemente: Deus, se eu estiver a ponto de ir agora, diga-me por favor o nome do meu anjo. DEUS: Você chamará seu anjo de MÃE. Que você seja muito feliz.

Mãe quem é você?

Mãe, quem é você? Se estou feliz, quantas vezes te esqueço; se estou triste, quantas vezes te procuro. Mãe, quem é você, que eu critico, de quem eu exijo coisas tão pequenas para satisfazer a minha comodidade, mas a quem peço a maior ajuda nos instantes mais difíceis? Mãe, quem é você, para quem eu tantas vezes esqueço o meu carinho, e de quem exijo tanta atenção? Mãe, quem é você, com que discuto e para quem peço conselhos? Mãe, quem é você, para quem reclamo sempre, e para quem guardo o abraço maior e a maior ternura. Mãe, eu sei, Você só é... AMOR.

Oração Por Minha Mãe

Pai, tu, sendo Deus, quiseste mostrar entre nós tua face materna... Por isso criaste todas as mães! Peço-te por minha mãe, sinal concreto e visível de teu amor entre nós. Multiplicai os seus dias em nosso meio! Acompanha-a em todo riso e em toda lágrima, todo trabalho e toda prece, todo dia e toda noite! Que tua bênção cubra de luz a vida de minha mãe para que, inundada de ti, ela seja sempre mais Presença do divino em minha vida. Amém!

Amor que Sacrifica

Uma senhora que vivia tentando por muitos anos ter um filho, viu seu sonho realizado. Recebeu dos braços da enfermeira um lindo bebê. Porém, qual não foi a sua surpresa quando notou que a criança havia nascido sem orelhas. Preocupada, perguntou ao médico se o menino tinha perfeita audição. Um exame foi realizado e ficou constatado que o aparelho auditivo era normal. A mãe, conformada, levou o filho para casa. Seu amor não diminuiu pela criança, mas à medida que esta crescia observava o tratamento que outras crianças lhe davam. Com freqüência seu filho voltava para casa chorando! Isso era como uma punhalada a ferir e magoar o coração daquela mãe. Consultou o médico, novamente perguntando se algo poderia ser feito pelo filho. O doutor revelou que se encontrassem alguém que doasse um par de orelhas, poderiam tentar um implante quando o rapaz chegasse aos 21 anos. Os anos se passaram e um dia os pais revelaram a alvissareira notícia de que tinham encontrado alguém para doar as orelhas. A operação foi realizada com grande êxito. Qual não era a satisfação e a alegria daquela mãe ao contemplar o jovem, olhando-se no espelho e dizendo: - Veja, mãe, sou agora como todos os outros rapazes. Voltava-se então, para sua mãe e lhe perguntava: - Mamãe, quem foi que me doou este par de orelhas? - Ah! Meu filho, agora não podemos revelar-lhe ma um dia irá saber. Passaram-se os anos e o jovem casou-se e teve filhos, todos normais. Certa feita, ocorreu uma das grandes tristezas deste mundo: havia perdido sua mãe. Na sala funerária, pai e filho, olham pela última vez o corpo inerte, gélido, daquela senhora tão bondosa. Depois que todos saíram, o pai diz ao filho: - Meu filho, venha comigo despedir-nos de sua mãe. Ambos se aproximaram do esquife e ali pela última vez o filho contemplou sua querida mãe. De repente, para surpresa daquele filho, o pai puxa de lado os longos cabelos negros de sua esposa e o filho observa, pela primeira vez que sua mãe não tinha mais orelhas. Esta é a grande dimensão do Amor! Oferta! Sacrifício!

0 comentários:

Rastrear em tempo real, a posição da Estação Espacial Internacional ISS .